entenda-o-que-e-o-pix

Entenda de uma vez o que é o Pix

A essa altura, você deve ter ouvido falar do PIX, uma novidade anunciada pelo Banco Central que veio para facilitar o controle que temos sobre nossas finanças.  O novo método de pagamentos instantâneo funciona 24h do dia, todos os dias da semana, inclusive no fim de semana e feriados. Mas você sabe o que realmente é o PIX, como funciona e o que ele muda?

Descubra e entenda tudo agora! Vamos lá 😉

O que significa PIX?

O PIX é o novo método de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central do Brasil (Bacen). Ele promete revolucionar a forma com que pagamentos e transferências funcionam no país, entregando mais agilidade com operações em tempo real e mais baratas.

Será o fim do DOC e TED? O fim, não se sabe, mas que com as diferenças e vantagens que a novidade promete, fica difícil concorrer, não acha?

Como funciona o PIX?

Ele é uma das opções de transferência, portanto aparecerá nos aplicativos de celular, dos clientes de instituições financeiras, bancos e outras empresas de pagamento, junto com as já existentes: TED e DOC.

Na hora de executar uma transação – seja pagamento ou transferência de dinheiro – você só vai precisar escolher o PIX no aplicativo como forma de efetuar a operação e pronto! Em menos de 10 segundos, tudo concluído.

Mas para utilizar o novo método é necessário primeiramente fazer o seu cadastro em alguma instituição financeira que ofereça a opção, como exemplo o Banco Pan com sua Conta Digital Pan Grátis.

+ Conta Digital: o que é e quais suas vantagens?

Como faço para cadastrar o PIX?

É simples! Para utilizar essa tecnologia é preciso criar suas chaves PIX. Essas chaves são o que o Banco Central chama de “apelidos” e elas vão servir para identificar a sua conta.

Para gerar a chave PIX, a empresa ou pessoa precisa utilizar umas dessas quatro informações para identificação: CPF/CNPJ, e-mail, número de telefone celular ou uma chave aleatória. 

A chave aleatória é uma opção caso você não queira informar dados pessoais. Será uma autenticação, ou seja, um conjunto de letras, números e símbolos gerados aleatoriamente que vão identificar a conta destino da transferência.

Em resumo, a chave PIX é a informação que você poderá fornecer para alguém para uma transferência. Em vez, de precisar informar: o banco, agência, conta, CPF e nome completo. Basta você informar uma das chaves cadastradas e pronto. O dinheiro estará na sua conta em poucos segundos. Lembrando, novamente, que essa tecnologia proporciona transferências 24h por dia, 7 dias por semana, em tempo real.

O PIX ainda não está em funcionamento, mas as instituições já começaram os cadastros das chaves PIX. Seu lançamento oficial está previsto para novembro desse ano.

O que o PIX muda? Quais seus benefícios?

A grande mudança é na agilidade e liberdade para controlar suas transações. Para saber o que muda com a chegada do PIX, primeiro precisamos entender como funciona hoje.

Formas de transferência e pagamentos atuais

Hoje, pagamentos de contas são feitos por boletos, transações físicas, por cartões e com dinheiro físico. Transferências bancárias feitas para contas de outra instituição são feitas por meio de TEDs e DOCs.

Algumas dessas operações podem levar dias, e muitas delas acabam gerando custos bem absurdos para os cliente chegando a cobrar mais de R$20 por TED, por exemplo. Além de que a forma de recebimento em dinheiro físico pode representar um risco maior, tanto para o pagador quanto para o recebedor.

Vantagem para você e para as instituições

A novidade é boa tanto para nós clientes dos bancos e instituições financeiras, quanto para as próprias organizações. Afinal o usuários pessoas físicas terão uma nova modalidade de pagamentos, gratuita na maioria dos casos. Já as organizações que oferecem o PIX, terão um custo de operações bem mais barato, sendo de R$0,01 a cada 10 transações.

De acordo com o próprio Banco Central, as principais vantagens do Pix, são:

  • Disponibilidade da transferência bancária 24h do dia, todos os dias, inclusive finais de semana. Diferente do TED e DOC, que possuem limite de horário e não é possível realizar no fim de semana.
  • Agilidade das transações. Menos de 10 segundos para concluir.
  • Grátis para pessoas físicas, inclusive MEIs (Microempreendores individuais). Você não vai precisar pagar taxas para transferir para outros bancos.

Só coisa boa para facilitar a vida e se livre das burocracias. Tudo o que a gente gosta!

Então se você ainda não possui seu cadastro Pix, não perca mais tempo! Garanta logo essa novidade, abrindo uma Conta Digital Grátis Pan!

E se esse conteúdo te ajudou, não esqueça de compartilhar com seus amigos para eles saibam sobre essa grande novidade. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *