O que significa Fintech?

“Fin-o que?” Você vai dizer. Bem, Fintech! Um mar de inovações no setor financeiro. E se você ainda não entende muito bem sobre esse assunto, não se preocupe. Senta aí, a gente explica tudo!

Afinal, o que significa Fintech?

O termo Fintech vem da junção de “Finanças” e “Tecnologia”. Em geral, refere-se a uma startup que utiliza tecnologias digitais inovadoras para repensar um modelo de negócio relacionado a serviços financeiros.

Basicamente, o objetivo desse modelo de empresa é simplificar, tornar mais eficiente, mais acessível e menos burocráticos os serviços financeiros. Sendo assim, essas startups podem atuar em diversos segmentos, como por exemplo: cartão  de crédito, empréstimo pessoal, financiamentos, seguros e muito mais.

+ EasyCrédito no Fintech Talks – confira como foi o evento

Mesmo que algumas Fintechs tenham nascido há mais de 11 anos, como é o caso da Nubank, Paypal, Bidu, e também as mais recentes, como o EasyCrédito, o Banco Neon e a Creditas, esse mercado começou a ganhar ampla visibilidade somente a partir de 2014. Hoje, elas estão por toda parte, mas não são todos que sabem de verdade o que é uma Fintech.

Depois da crise de 2008 as fintechs começaram a centralizar todos os seus esforços nas criações de novas práticas em finanças, caracterizadas por serviços mais eficientes e fáceis de usar, o que dá mais liberdade para o usuário.

E graças a essa revolução há cada vez mais serviços bancários em que não precisamos nos deslocar a um banco físico para criar uma conta, pedir empréstimo ou solicitar um cartão de crédito. Nossos bancos estão em nossos celulares e as tarefas financeiras nunca foram tão fáceis!

+ 5 anos do Easycrédito: experiência e conquistas como fintech

Fintechs no Brasil

No Brasil esse modelo de negócio tem crescido e atraído cada vez mais atenção. Nos últimos anos, o volume de operações de crédito transacionados pelas principais fintechs de crédito passou de R$ 231 milhões em 2016 para R$1,604 bilhão em 2018.

O que significa um crescimento 7 vezes maior nesse período, de acordo com os dados do Banco Central do Brasil. As expectativas de melhoras são otimistas e devem atrair ainda mais investidores nos próximos anos.

É bom lembrar que, assim como os bancos, as fintechs que prestam serviços de concessão de crédito como, cartões, empréstimos e outras modalidades de crédito são monitoradas pelo Banco Central, no intuito de trazer proteção aos seus clientes e consumidores em geral.

Agora que você já sabe como funcionam as Fintechs, que tal conhecer uma Fintech  prática, segura e rápida para solicitar crédito e, ainda por cima, 100% brasileira?

Bom, se você está procurando por Crédito Pessoal, o EasyCrédito é o que você precisa. Quer saber mais? clique no banner abaixo!

banner-blog-fintech-easycredito

2 comentários em “O que significa Fintech?”

  1. Muito bom, vejo também pessoas com problemas de um novo recomeço,ex: alguém que se individou por que perdeu o emprego , quer recomeçar abrindo seu próprio negócio pagando suas dívidas , seria legal caso muitos empresários que oferecem oferta e soluções como tais este grupo de vocês, que oferecem empréstimo ou crédito para pessoas, também aprovase com nome restrito, uma chance de recomeçar! Que tal pensar também em nós..

    1. Olá Matildes! Tudo bem?
      Em nossa plataforma trabalhamos com parceiros que conseguem realizar empréstimo para quem possui restrição. Basta realizar um cadastro que você consegue verificar quais são eles.

      É importante lembrar que para conseguir um crédito liberado você tem que atender a alguns pré-requisitos que a instituição propõe.

      Acesse nosso site e veja as propostas disponíveis para você! Link: http://www.easycredito.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *