Conta Digital Banco Pan

casal-contratando-empréstimo-consignado

Crédito consignado – entenda como funciona

Tecnicamente, o crédito consignado é um empréstimo no qual há um pagamento indireto. Nele, as parcelas são deduzidas diretamente da folha de pagamento da pessoa que requereu o capital. Esta é uma opção válida para muitas pessoas que buscam opções de empréstimo e, por isso, escrevemos este post para que você possa ficar mais por dentro do assunto. Vamos conferir?

As diferenças na hora de pedir o crédito consignado

Para quem trabalha com a carteira assinada, será necessário ir até o setor de recursos humanos de sua empresa. Lá, a pessoa responsável pelo RH vai informar quais são as instituições conveniadas da empresa e que fazem esse tipo de empréstimo. Depois, será a hora de entrar em contato com elas.
Os funcionários públicos e beneficiários do INSS podem se dirigir diretamente aos bancos que oferecem o crédito consignado (além da Caixa Econômica Federal, outras instituições realizam o Crédito Consignado para esse público). Além de ser possível a solicitação pessoal, algumas financeiras disponibilizam ferramentas online para este fim.
Para a instituição que realiza o empréstimo, ele é mais seguro, já que a cobrança é realizada automaticamente. Nesse caso, a responsabilidade pelo pagamento fica a cargo da empresa empregadora ou do INSS, por exemplo. Mesmo o pagamento sendo realizado de maneira automática com a garantia do salário, o empréstimo pode ser negado, já que da mesma maneira que é feito em outros créditos, o banco analisa tudo o que a pessoa pagou ou deixou de pagar até o momento para decidir se realiza o pagamento do crédito consignado.
Uma vantagem para o devedor é que ele não precisa se dirigir até o local onde obteve o crédito consignado para pagá-lo manualmente. Assim, diante tantos fatores, a consignação de crédito possui juros mais baixos que o cheque especial, por exemplo.

O que é importante saber

Atualmente, segundo as informações do Banco Central, o valor das parcelas do crédito consignado não pode ser mais do que 30% do salário ou do benefício da pessoa que o solicita. Assim, se o seu salário for de R$ 3.000, a mensalidade do empréstimo não pode ser superior que R$ 900,00. No entanto, se você desejar, poderá fazer mais do que um empréstimo consignado de uma vez, desde que o valor das duas parcelas somadas não ultrapasse a porcentagem citada anteriormente. Para finalizar, a duração máxima do empréstimo é de 72 meses (6 anos).

E se eu for demitido?

Caso a pessoa fizer um empréstimo consignado e for mandada embora do emprego, ela precisará pagar o que deve de uma vez. Por isso, a empresa pode descontar até 30% do que pagaria na rescisão do funcionário para abater a dívida. Vale uma ressalva: isso só pode acontecer se o desconto do empréstimo estiver previsto no contrato.
Em alguns casos, nem mesmo o valor que sai da rescisão é o suficiente para quitar a dívida. Quando isso ocorre, o empréstimo continua existindo, mas a taxa de juros é elevada àquela de juros comum, que é maior do que o valor cobrado pelo crédito consignado. Se for necessário, uma alternativa é negociar a nova dívida com o banco da melhor maneira para as duas partes.
Por outro lado, se for sair do emprego porque conseguiu uma vaga em outra companhia, há a possibilidade de transferir a dívida para a nova empresa. Neste caso, será preciso que haja um convênio entre ela e o banco onde foi realizado o empréstimo para que a troca seja autorizada. Feito isso, as parcelas continuarão sendo descontadas do salário normalmente.

Conta Digital Banco Pan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *